Mariana de Almeida

Equipe de Marketing

Qual a origem do tiro esportivo?

O tiro esportivo é uma modalidade do esporte em que o atirador deve acertar o alvo o maior número de vezes. Porém, estes alvos podem ser fixos ou móveis, variar de tamanho, distância e formatos. Dessa forma, essas diferenças determinam a modalidade em que se está competindo.
Esse é um esporte – assim como outros – que exige concentração, disciplina e raciocínio, além de muito treino. No Brasil, o local onde o esporte é praticado é em clubes de tiro, encontrado em todos os estados do país. Além disso, tiro esportivo é subdividido em 11 modalidades com 3 categorias: Armas Curtas, Armas Longas e Tiro ao Prato.
As armas de fogo não surgiram com o propósito do esporte. Porém, com o passar do tempo e a contribuição dos clubes de caça e a prática militar, o tiro esportivo foi crescendo e ganhando força ao redor do mundo. Além disso, as atividades dos caçadores, inclusive, inspiraram algumas provas que existem atualmente, como o skeet e o fosso.

O tiro esportivo esteve presente nos jogos olímpicos desde a primeira edição, em 1896 em Atenas. Uma curiosidade é que até o ano de 1964 somente os homens participavam da competição. Além disso, as primeiras mulheres que competiram só puderam o fazer em 1968, quando os jogos olímpicos aconteceram na Cidade do México. Atualmente, o tiro esportivo é disputado em 15 categorias, sendo nove masculinas e seis femininas.

Tiro esportivo no Brasil

O Brasil estreou nos Jogos Olímpicos um pouco mais tarde, só em 1920, mas já com medalha de ouro. Ao todo, o Brasil levou três: um ouro, uma prata e um bronze, todas no tiro esportivo. Confira a linha do tempo do tiro esportivo no Brasil:

Linha do tempo do tiro esportivo

1906: Fundada a Confederação do Tiro Brasileiro – primeira entidade a gerir o tiro brasileiro.
1910: Realização do primeiro campeonato brasileiro de tiro ao alvo.
1914: Surge o Revólver Clube, no Rio de Janeiro.
1917: As sociedades de tiro são incorporadas pelo Exército Brasileiro, adotando a denominação de Tiros de Guerra, conforme legislação.
1919: Inaugura o estande de tiro do Fluminense Futebol Clube,
1920: Primeira medalha de ouro olímpica do Brasil.
1923: Criação da Federação Brasileira de Tiro.
1927-1934: Organizam-se campeonatos brasileiros de tiro. Nesse período o esporte ainda era amador.
1992: Criada a Confederação Brasileira de Tiro Prático, antiga Associação, que passou a organizar os Campeonatos Brasileiros. O primeiro foi realizado em Brasília, seguindo as normas internacionais.
1996: O Brasil promove o Campeonato Mundial de Tiro Prático em Brasília.

Como falamos anteriormente, o tiro se divide em várias categorias. Listamos ela a seguir para você:

Armas Curtas

Pistola de Ar – Masculino e Feminina
Pistola Sport – Feminino
Pistola Livre – Masculino
Pistola de Tiro Rápido – Masculino

Armas Longas

Carabina de Ar – Masculino e Feminina
Carabina Deitado – Masculino
Carabina Três Posições – Masculino e Feminina
Alvo Móvel – Masculino

Tiro ao Prato

Fossa Olímpica – Masculino e Feminina
Fossa Dublê – Masculino e Feminina
Skeet – Masculino e Feminina

Continue acompanhando nossos conteúdos para ficar por dentro das novidades do mundo do tiro esportivo! 

Se você quer saber mais sobre o Sistema Shooting Store, entre em contato clicando abaixo.

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Os comentários estão desativados.

Estamos falando disso também...

Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre o uso de cookies.