Qual a origem do tiro esportivo?

Compartilhe!

O tiro esportivo é uma modalidade do esporte em que o atirador deve acertar o alvo o maior número de vezes. Porém, estes alvos podem ser fixos ou móveis, variar de tamanho, distância e formatos. Dessa forma, essas diferenças determinam a modalidade em que se está competindo.
Esse é um esporte – assim como outros – que exige concentração, disciplina e raciocínio, além de muito treino. No Brasil, o local onde o esporte é praticado é em clubes de tiro, encontrado em todos os estados do país. Além disso, tiro esportivo é subdividido em 11 modalidades com 3 categorias: Armas Curtas, Armas Longas e Tiro ao Prato.
As armas de fogo não surgiram com o propósito do esporte. Porém, com o passar do tempo e a contribuição dos clubes de caça e a prática militar, o tiro esportivo foi crescendo e ganhando força ao redor do mundo. Além disso, as atividades dos caçadores, inclusive, inspiraram algumas provas que existem atualmente, como o skeet e o fosso.

O tiro esportivo esteve presente nos jogos olímpicos desde a primeira edição, em 1896 em Atenas. Uma curiosidade é que até o ano de 1964 somente os homens participavam da competição. Além disso, as primeiras mulheres que competiram só puderam o fazer em 1968, quando os jogos olímpicos aconteceram na Cidade do México. Atualmente, o tiro esportivo é disputado em 15 categorias, sendo nove masculinas e seis femininas.

Tiro esportivo no Brasil

O Brasil estreou nos Jogos Olímpicos um pouco mais tarde, só em 1920, mas já com medalha de ouro. Ao todo, o Brasil levou três: um ouro, uma prata e um bronze, todas no tiro esportivo. Confira a linha do tempo do tiro esportivo no Brasil:

Linha do tempo do tiro esportivo

1906: Fundada a Confederação do Tiro Brasileiro – primeira entidade a gerir o tiro brasileiro.
1910: Realização do primeiro campeonato brasileiro de tiro ao alvo.
1914: Surge o Revólver Clube, no Rio de Janeiro.
1917: As sociedades de tiro são incorporadas pelo Exército Brasileiro, adotando a denominação de Tiros de Guerra, conforme legislação.
1919: Inaugura o estande de tiro do Fluminense Futebol Clube,
1920: Primeira medalha de ouro olímpica do Brasil.
1923: Criação da Federação Brasileira de Tiro.
1927-1934: Organizam-se campeonatos brasileiros de tiro. Nesse período o esporte ainda era amador.
1992: Criada a Confederação Brasileira de Tiro Prático, antiga Associação, que passou a organizar os Campeonatos Brasileiros. O primeiro foi realizado em Brasília, seguindo as normas internacionais.
1996: O Brasil promove o Campeonato Mundial de Tiro Prático em Brasília.

Como falamos anteriormente, o tiro se divide em várias categorias. Listamos ela a seguir para você:

Armas Curtas

Pistola de Ar – Masculino e Feminina
Pistola Sport – Feminino
Pistola Livre – Masculino
Pistola de Tiro Rápido – Masculino

Armas Longas

Carabina de Ar – Masculino e Feminina
Carabina Deitado – Masculino
Carabina Três Posições – Masculino e Feminina
Alvo Móvel – Masculino

Tiro ao Prato

Fossa Olímpica – Masculino e Feminina
Fossa Dublê – Masculino e Feminina
Skeet – Masculino e Feminina

Continue acompanhando nossos conteúdos para ficar por dentro das novidades do mundo do tiro esportivo! 

Se você quer saber mais sobre o Sistema Shooting Store, entre em contato clicando abaixo.


contato shooting house

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

TAGS:

Parceiros Shooting House: